Semana da Conciliação Trabalhista movimenta R$ 52,6 milhões no TRT11

1 de junho de 2018

Os acordos firmados durante a 4a Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região AM/RR (TRT11), resultaram no pagamento de mais de R$ 52,6 milhões em créditos trabalhistas. O balanço consolidado do evento, que aconteceu no período de 21 a 25 de maio de 2018, apontou que 7.393 pessoas foram atendidas nas unidades judiciárias do TRT da 11ª Região no Amazonas e em Roraima, totalizando 662 acordos homologados, número que representa a efetiva solução dos processos.

No total, foram realizadas 2.367 audiências de conciliação ocorridas nas 19 Varas do Trabalho de Manaus/AM, nas três Varas de Boa Vista/AM, e nas Varas do Trabalho nos municípios de Itacoatiara, Manacapuru, Coari, Tabatinga, Presidente Figueiredo, Humaitá, Eirunepé, Tefé e Parintins. Os Gabinetes (2ª instância) e o Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (CEJUSC-JT) em Manaus, também realizaram audiências.

A Semana Nacional da Conciliação Trabalhista é realizada anualmente pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e mobiliza os 24 Tribunais Regionais do Trabalho, com o objetivo de encerrar, de forma conciliatória, processos que estão em tramitação em primeira ou segunda instância na Justiça do Trabalho.

Com o slogan “Sempre dá pra conciliar”, o evento nacional movimentou R$ 818 milhões em acordos, número recorde entre todas as edições do evento já realizadas. Em todo o país, a 4a Semana da Conciliação Trabalhista realizou 25.783 conciliações. O resultado do evento foi divulgado pela coordenadoria de Estatística e Pesquisa do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Na Justiça do Trabalho da 11ª Região, a Semana da Conciliação Trabalhista de 2018 também bateu recorde em valores homologados. Um comparativo feito entre a edição passada e a deste ano demonstrou um aumento de 688,4% em valores movimentados pelo TRT11.

Confira a galeria de imagens do evento.

 

ASCOM/TRT11
Texto: Martha Arruda, com informações do Setor de Estatística.