Trabalhador é condenado por litigância de má-fé no primeiro dia da Reforma Trabalhista

24 de novembro de 2017

No último dia 11/11, primeiro dia da vigência da nova lei da Reforma Trabalhista, o juiz José Cairo Júnior, da 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus, no sul da Bahia, condenou um trabalhador a pagar R$ 8,5 mil por litigância de má-fé, e a decisão ganhou repercussão em vários veículos de imprensa, por se basear na nova legislação trabalhista. Nesta reportagem exibida no Jornal da Manhã, o juiz da sentença e um advogado trabalhista comentam o assunto. Assista!

Fonte: TRT 5